Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2017 > 08 > Centros interativos auxiliam turistas no Rio de Janeiro

Turismo

Centros interativos auxiliam turistas no Rio de Janeiro

Atendimento

Postos na Urca e em Copacabana foram revitalizados e contam com acesso à internet e recepcionistas bilíngues para atender visitantes
por Portal Brasil publicado: 30/08/2017 16h01 última modificação: 30/08/2017 16h01
Foto: Isabella Atayde/Iphan O governo do Rio de Janeiro prevê, até o final do ano, a inauguração de mais oito postos

O governo do Rio de Janeiro prevê, até o final do ano, a inauguração de mais oito postos

A cidade do Rio de Janeiro inaugurou, nesta quarta-feira (30), dois centros interativos de atendimento a turistas, localizados na Urca e em Copacabana. As estruturas passaram por revitalização e agora contam com acesso à internet e dois recepcionistas bilíngues por turno.

As novas instalações, em formato de lounge, vão oferecer ao visitante o máximo de conforto e seguem a tendência mundial do Turismo Inteligente. “É mais um contato que nós teremos com nossos visitantes. Eles são a maior propaganda que nós podemos ter lá fora, e eu espero que se sintam à vontade na nossa cidade”, afirmou o prefeito, Marcelo Crivella.

A tecnologia será usada para auxiliar os turistas a melhor se locomoverem e tirarem dúvidas sobre a cidade. Mapas e guias também serão fornecidos a quem procurar as unidades, que funcionarão todos os dias das 8h às 18h (no caso da Urca) e 8h às 19h (em Copacabana).

Centros de informação

O governo do Rio de Janeiro prevê, até o final do ano, a inauguração de mais oito postos totalmente revitalizados e computadorizados em locais como o Boulevard Olímpico, Leblon, Ipanema, Barra da Tijuca, Largo do Machado, Rodoviária e nos aeroportos Santos Dumont e Galeão.

Os últimos três deverão ser inaugurados até o fim de outubro, e os demais, até o fim de novembro, com o intuito de atender ao aumento do fluxo de turistas na alta temporada na cidade.

Com a modernização, a cidade contará, até o final deste ano, com 15 postos revitalizados para melhor atender os turistas. Eles são responsáveis por realizar 200 atendimentos por dia e gerar empregos a 60 profissionais. O custo de manutenção anual previsto pela Riotur, empresa de turismo no Rio de Janeiro, para manter os postos é de R$ 150 a R$ 200 mil por unidade.

Além dos centros de atendimento do Rio, outros postos também foram implantados em diversas cidades do País. Foram 281 contratos firmados pelo Ministério do Turismo, o que representa um repasse de mais de R$ 98 milhões. Só a capital carioca recebeu quase R$ 4 milhões para investir na construção e revitalização dos centros e atividades relacionadas à informação do turista.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo e da Prefeitura do Rio de Janeiro

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil