Você está aqui: Página Inicial > Turismo > 2017 > 09 > Sistema de vistos eletrônicos começa a funcionar no final do ano

Turismo

Sistema de vistos eletrônicos começa a funcionar no final do ano

Turistas

Entre os meses de novembro e dezembro, programa será implantado para australianos e norte-americanos. Até fevereiro de 2018, funcionará para japoneses e canadenses
por Portal Brasil publicado: 11/09/2017 16h18 última modificação: 30/11/2017 15h03
Divulgação/ MTur Nova metodologia possibilitará crescimento do fluxo de turistas internacionais em direção ao Brasil.

Nova metodologia possibilitará crescimento do fluxo de turistas internacionais em direção ao Brasil.

O sistema de utilização de vistos eletrônicos para entrada de turistas estrangeiros no Brasil começa a funcionar ainda em 2017. Pelo cronograma acertado entre o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) com o Ministério do Turismo, entre novembro e dezembro o sistema implementado facilitará a entrada de cidadãos australianos e norte-americanos. Já em fevereiro de 2018, japoneses e canadenses serão beneficiados.

Com a criação desse novo sistema, prevista no programa Mais Turismo, o Governo do Brasil espera que o fluxo de turistas internacionais em direção ao Brasil aumente de maneira significativa 

“Essa facilitação, prevista no plano Brasil Mais Turismo, trará um grande incremento ao setor, como também contribuirá para fortalecer a economia brasileira”, explica o presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Vinicius Lummertz.

Pesquisa do Ministério do Turismo revela que durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 houve aumento de 55,31% no número de estrangeiros com origem nos países beneficiados em relação ao mesmo período de 2015. Desse total, 82% afirmaram que a dispensa do visto facilitaria um retorno ao País.

Brasil e China

E a revisão na entrada de estrangeiros no Brasil deu mais um passo. Documento assinado durante a viagem da comitiva do governo federal ao país asiático também permite a facilitação de vistos da China com o Brasil. A medida será um importante impulso para atingir a meta prevista no plano Brasil Mais Turismo de atrair 12 milhões de visitantes vindos do exterior até 2022.

O acordo assinado entre os governos chinês e brasileiro prevê um prazo de validade de cinco anos para os vistos de turista, com múltiplas entradas, com período de estada de 90 dias, renováveis por até outros 90 dias, a cada 12 meses. As novas regras passam a valer no dia 1º de outubro. Antes, o visto geralmente tinha validade de três meses.

Segundo informações do Ministério do Turismo, 316 agências brasileiras  que estão aptas a receberem turistas chineses no Brasil em 2017 também foram credenciadas para atender as demandas. O cadastro das agências é obrigatório na legislação nacional e também segue determinação do governo chinês.

Fonte: Portal Brasil, com informações de Embratur e Ministério do Turismo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil